Control is compromised!

Ontem tive de escolher entre rever (de uma forma correcta e sem falhar um minuto) o "Juno" (que já tinha visto nos pequenos ecrãs do avião) ou ver o filme que estreou há uma semana, "Vantage Point - Ponto de Mira". Só vos digo que, ainda bem que desta vez não fui eu que paguei os bilhetes de cinema...

Bem, a estória deste filme consiste no seguinte: o Presidente dos E.U.A., Ashton (William Hurt), está em Salamanca para uma Cimeira que tem como tema principal a luta contra o terrorismo. Há segurança por todos os lados, câmaras de TV também, mas mesmo assim ocorre um atentado contra o dito Presidente que é baleado por duas vezes. Na sua equipa de guarda-costas está Thomas Barnes (Dennis Quaid), que apenas meses antes protegeu o Presidente Ashton de outro atentado recebendo ele a bala e que por isso é posto em causa pelos colegas que não sabem se ele está à altura deste desafio. O atentado é visto de formas diferentes pelos vários intervenientes na estória e só no fim se consegue perceber o engenho que esteve por detrás de todo este acontecimento.

Bem, na minha opinião, este filme é do mais batido que há e não há nada inovador nesta estrutura, escolhida por Peter Travis. É clichés atrás de clichés, não faltando as personagens tipificadas dos terroristas, interpretados por Edgar Ramirez, Said Taghmaoui, um filme a evitar, mesmo que conte com a presença de William Hurt.
Neste filme entra também o actor, agora mais conhecido pela série Lost, Mathew Fox, Sigourney Weaver, Forrest Whitaker e também Eduardo Noriega.

E tenho dito!

12 abril 2008

4 Comments:

Jedi Master Atomic said...

Sim tambem já tinha ouvido dizer que era um filme muito banal. Mas estou curioso por ver na mesma, não por causa dos actores mas pela historia montada.

looT said...

Vai ver o [rec] eheheh :P

Izzi said...

Pois, já ouvi dizer que o[rec] é só sangue! Estou em dúvida...

Jedi Master Atomic said...

O "rec" definitivamente está na lista, juntamente com o 88, com o Al Pacino.

Obrigado pelo elogio ao novo look do blog.